3 táticas para você emagrecer na gravidez

Existem muitos mitos que rondam o período de gravidez e assustam milhares de mulheres por aí, mas nem todos são verdadeiros e, mais ainda, não deveriam sequer ser repetidos para uma mulher grávida. Um desses mitos é aquele que diz que não se deve emagrecer na gravidez.

O controle de peso durante o período de gravidez é muito importante tanto para a futura mamãe quanto para o bebê que está se formando. Para quem já luta contra a obesidade, o desafio de emagrecer na gravidez pode ser ainda maior, mas é também mais necessário e importante.

A obesidade já é considerada a doença do século, com a característica mais preocupando o fato de esconder ou ser a origem de diversas outras doenças, principalmente as mais silenciosas, ou seja, que não apresentam sinais de alerta imediatamente, como a diabetes e hipertensão.

Todos já conhecem a importância de adotar uma rotina saudável durante o período de gestação, porém além dos itens mais conhecidos como não fumar e não ingerir bebidas alcoólicas, o desafio de perder peso é essencial.

Obviamente, esse desafio não se aplica para as mulheres que já apresentam peso inferior ao ideal, perda significativa de massa muscular, principalmente, ou algum quadro clínico que possa ser agravado com a perda de peso durante esse período.

Por que devemos emagrecer na gravidez?

A mulher, naturalmente, tende a ganhar mais peso durante o período de gestação. É comum ganhar não só o peso referente ao bebê como também alguns quilos a mais. Contudo, esse ganho de peso a mais deve ser não só controlado como evitado na maioria dos casos.

De acordo com médicos e especialistas, não existe comprovação de que emagrecer na gravidez possa trazer algum malefício para a gestante ou para o bebê, desde que o processo seja devidamente acompanhado e orientado por profissionais capacitados e habilitados.

A obesidade e o sobrepeso podem trazer diversas complicações para a gestante e para o desenvolvimento da criança, por isso o controle do peso e até o emagrecimento pode ajudar a mãe no momento do parto e o desenvolvimento do embrião também.

A melhor forma de garantir uma boa forma e a saúde da mãe e do bebê antes, durante e depois da gravidez é mantendo o controle do peso da gestante através de uma rotina alimentar balanceada, controlada e equilibrada. Além de adotar alguns hábitos saudáveis durante o período.

Hábitos saudáveis como dormir bem, beber a quantidade mínima ideal de água que o nosso organismo precisa para funcionar e praticar exercícios físicos regularmente fazem bem para todas as pessoas em todos os períodos da vida, principalmente durante a gravidez.

Listamos, a seguir, 10 dicas para emagrecer na gravidez e manter a saúde da mamãe e do bebê que está sendo gerado.

Dicas para emagrecer na gravidez

  1. Faça exercícios físicos

Dentro das limitações e respeitando o seu corpo e seu organismo, praticar exercícios físicos traz diversos benefícios para a nossa saúde mental e saúde física.

A aumento da oxigenação sanguínea durante a prática de exercícios físicos, acelera o nosso metabolismo, aumenta a nossa resistência à doenças, infecções e inflamações e promove a formação de fibras musculares mais fortes e resistente que contribuem diretamente para a proteção dos nossos órgãos vitais e ossos.

Além disso, essa mesma oxigenação influencia diretamente nas conexões neurológicas que nosso cérebro precisa fazer para enviar comandos e executar nossas tarefas do dia a dia. Por isso, praticar exercícios físicos contribui também para o aumento da nossa concentração, memória e raciocínio.

Para as grávidas esses benefícios não são diferentes, mas são ainda maiores, pois contribui também para a formação do sistema neurológico do feto e também o sistema imunológico.

Isso significa que uma mamãe mais ativa e saudável gera um bebê mais forte, saudável e resistente às futuras aventuras da sua infância e formação. Um dos exercícios mais comuns e praticados pelas mamães é a hidroginástica.

A pratica de exercícios na água tem como principal benefício a redução do impacto, sem comprometer os resultados da atividade. Contudo, é importante fazer o exercício com a supervisão de um profissional habilitado.

  1. Alimentação equilibrada

Nenhuma grávida precisa passar vontade de comer nada, todos sabem que durante o período de gestação esses desejos podem ser quase incontroláveis, mas é preciso ter mais disciplina com a alimentação, principalmente no consumo de doces, alimentos industrializados e bebidas alcoólicas.

Uma alimentação desregulada e desregrada influencia diretamente na formação do feto e por isso é importante manter a atenção dobrada.

Sugerimos que procure orientação de um profissional de nutrição juntamente com o médico que acompanha a sua gestação, dessa forma os dois podem trabalhar em equipe para garantir as melhores rotinas alimentares de acordo com a rotina de atividades da mamãe e as necessidades de nutrientes e vitaminas para o feto também.

Muitas mulheres desenvolvem algumas deficiências de vitaminas e nutrientes durante o período de gestação, por isso é importante entender as principais necessidades do organismo da mulher durante a gravidez.

  1. Beber água

A água participa de praticamente todas as funções do nosso organismo, principalmente, da formação do feto. Se manter o nosso corpo devidamente hidratado já é essencial para a nossa saúde em toda a nossa vida, durante a gravidez, torna-se ainda mais necessário.

É comum as grávidas reclamarem da quantidade de vezes que precisam ir ao banheiro, principalmente, ao final da gravidez, devido a compressão que o feto faz na bexiga da mulher.

Porém, é preciso beber uma grande quantidade de água nesse período para evitar diversos transtornos, como: infecção urinária, problema nos rins, má formação do feto, desidratação, perda de nutrientes, retenção de líquidos, entre outros.

Existem diversas outras rotinas que podem e devem ser adotadas pelas gestantes que buscam emagrecer na gravidez, mas é importante que procure pelas recomendações do médico que acompanha a gravidez da mulher.

Isso porque para emagrecer na gravidez de forma saudável sem prejudicar a saúde da mulher e do bebê, é importante entender o quadro clínico que essa gestação apresenta.

Gostou das dicas?

Se tiver alguma dúvida, entre em contato com a gente.

Ficaremos felizes em ajudar.

Tenha Acesso Total e Gratuito ao Meu Treinamento Mestre Youtube.

irineudsf

Irineu Fernandes é Empreendedor Digital há mais de 02 anos. É proprietário do Site BlogdoIrineu.com.br. Acredita que o Empreendedorismo pode transformar a vida das pessoas. Quer ajudar as pessoas a se motivarem e a enxergarem novas oportunidades de vida.

Website: https://blogdoirineu.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *